Ficha técnica

  • Motor 2 tempos
  • Cilindrada 300 cc
  • Marca de motor Honda
  • Quilômetros 800 km
  • Ano 2016
  • Único dono
  • Freios : Disco dianteiro
  • Cor : Cinza
  • Sistema de partida : Elétrico

Descrição

HONDA SCOOTER SH-300i 2016 ÚNICO DONO

MOTO IMPECÁVEL APENAS 800 KM ISSO MESMO QUE VOCÊ LEU... MOTO COM PROCEDÊNCIA SEM DETALHE!!!

MOTO SEMI-NOVO EM ESTADO DE OKM!! Pneus Novíssimos

Partida elétrica, Freio a disco na roda dianteira, Bagageiro


" MATÉRIA DE REVISTA ESPECIALIZADA 2016"


As vendas de scooters foram as que menos caíram no segmento de duas rodas nos últimos difíceis meses. A resistência se deve a alguns fatores, entre eles o aumento dos iniciantes nesse tipo de veículo, crescimento do público feminino e até pessoas que passaram a usar o carro mais nos fins de semana.

Dentro deste nicho de mercado, a Honda tem dominado a base (formada por scooters de até 250 cm³) com 80% das vendas. Mas, dentre os modelos maiores e mais equipados, a montadora não tinha produto algum para competir. Dominado pela Dafra, o topo do segmento tinha até então os modelos Citycom 300i e Maxsym 400i como líderes de mercado; a partir de R$ 17.890 e R$ 26.990, respectivamente.

No final do mês a situação deve mudar, quando a Honda começa a vender o SH 300i. Sucesso na Europa, a família SH (de Smart Honda, ou Honda inteligente) existe no velho continente há 32 anos, onde acumula mais de um milhão de unidades vendidas.

Aqui, o SH chega conforme a própria Honda prevê: um produto de nicho, ou “premium”, que deverá custar entre R$ 23 mil e R$ 24 mil em versão única. A marca justifica o valor pelo fato de o scooter vir equipadão: traz freios ABS, iluminação por LEDs e chave presencial, entre outros luxos e detalhes. Com design clássico e elegante, o SH 300i tem assoalho plano aliado a rodas de 16 polegadas, algo incomum em modelos maiores.

Compacto e encorpado, o Honda 300 é equipado com iluminação por LEDs. Exceto pelos piscas, que usa lâmpadas comuns, os diodos luminosos permitem ver (e ser visto) de maneira clara e vibrante, inclusive com vistosas luzes de posição diurnas.

O acabamento geral é bem cuidado. Os materiais passam sensação de qualidade, existem faixas cromadas na dianteira e nas laterais; além de pedaleiras retráteis e de alumínio para o passageiro.

Seu painel é completo e informa temperatura do líquido do motor, médias de consumo e hodômetros.

Em relação aos espaços para bagagens, há um pequeno porta-objetos do lado esquerdo do painel, além de um gancho frontal, que permite pendurar sacolas ou mochilas. Abaixo do banco, o espaço de 16 litros permite guardar um capacete grande. Além disso, traz tomada 12V e uma “baia” para o celular carregar quando em movimento.

A transmissão automática CVT (continuamente variável) mostra esperteza junto da embreagem centrífuga, e do fôlego do motor monocilíndrico. Com o pistão trabalhando em posição quase que horizontal, tem cabeçote com comando para quatro válvulas.

“Certinho” como maioria dos Honda, o SH é dono de credenciais para encarar o dia-a-dia ou mesmo viagens mais curtas, sagrando-se como um produto de nicho bem lapidado. Muito embora pudesse receber uma versão simplificada, destinada a quem é fã desse tipo de veículo mas não tem tamanho poder aquisitivo.

Formada por bengalas convencionais na dianteira, a traseira com sistema bichoque e permite cinco regulagens de firmeza na pré-carga da mola, feitas manualmente. Tanto na frente como atrás, a suspensão tem 11,5 cm de curso, algo longo para um scooter. Mesmo assim, alia estabilidade a uma boa dose de conforto.

Com estreitos 72,8 cm de largura e um guidão que esterça bem, o SH agrada em seu tipo de uso primordial, o caos urbano: passa bem entre os carros e se mostra esguio para estacionar ou “serpentear” entre veículos.

“Certinho” como maioria dos Honda, o SH é dono de credenciais para encarar o dia-a-dia ou mesmo viagens mais curtas, sagrando-se como um produto de nicho bem lapidado. Muito embora pudesse receber uma versão simplificada, destinada a quem é fã desse tipo de veículo mas não tem tamanho poder aquisitivo.


NÃO TENHO PREÇO PARA REVENDEDORES! NÃO DEIXO EM CONSIGNAÇÃO! POR FAVOR NÃO PERCAM O NOSSO TEMPO COM PROPOSTAS ABSURDAS! JÁ PEÇO UM PREÇO JUSTO, CONSIDERANDO O ESTADO DO MEU VEÍCULO X VALOR DE MERCADO.

"NÃO CONSIGO REDUZIR MAIS O VALOR"

"APENAS VENDA" OPORTUNIDADE!!!

Perguntas e respostas

Qual informação você precisa?

Como funciona a reserva? Formas de pagamento

Está com dúvidas?

Estes atalhos ajudarão você a encontrar o que busca.

Pergunte ao vendedor

O veículo está em Planalto Paulista - São Paulo Zona Sul - São Paulo
Ano
2016
Quilômetros
800 km

Moto Honda Sh-300 2016 !! Baixíssima Km 800!!

R$ 18.990

Você ganha 66 Mercado Pontos com sua reserva.

Informação da concessionária

Nome

Bruno Vieira Consultoria

  1. Vermelho
  2. Laranja
  3. Amarelo
  4. Verde claro
  5. Verde

Este vendedor ainda não tem vendas suficientes para ter a reputação calculada.

Telefone

(11) 971506227

Localização do veículo

Planalto Paulista - São Paulo Zona Sul - São Paulo

Ver mais dados deste vendedor

Como funciona a reserva?

Você paga uma parte do preço e fazemos a reserva. Em seguida, você combina com o vendedor o restante do pagamento e a entrega.

Não se preocupe, protegemos seu dinheiro da reserva até que você receba o veículo.

Mais informações sobre a reserva

Meios de pagamento da reserva

Você pode pagá-la em até 12x com Mercado Pago.

Cartões de crédito

Boleto bancário

Mais informações sobre meios de pagamento

Dicas de segurança

  • Reserve o veículo só pelo Mercado Livre. Não reserve com envios ou adição de dinheiro. Gere os seus boletos e não os receba do vendedor.
  • Não pague sem verificar pessoalmente a documentação e o estado do veículo.
  • Verifique se há pendências de multas ou impostos do carro.
  • Ao agendar uma visita, certifique-se da segurança do local.
  • O Mercado Livre e suas afiliadas não são detentoras dos veículos.
  • Não confie em ofertas abaixo do preço de mercado.
  • Veja o nosso guia de preços.
Mais dicas de segurança

Publicidade

Anúncio #1260781098

Denunciar